Páginas

5 Livros De Terror Para Ler Nas Férias

Julho é oficialmente o mês das minhas férias. Algumas semanas em casa, na companhia de um chocolate quente e um bom livro. Pensando nisso, resolvi escolher 5 livros que eu tinha na estante há algum tempo para lê-los nas férias, e claro que os temas das obras tinham que ter uma pitada de terror! 


1 – Quando os Adams saíram de férias: Conheci esse livro através de uma canal literário no Youtube, me interessei tanto pela história que acabei comprando ele em um sebo (tem unboxing dele aqui no blog, Clique Aqui ), desde então, ele está guardadinho em minha estante esperando o momento perfeito para lê-lo, e acredite, esse momento chegou 

Sinopse: Barbara, uma babá norte-americana de 19 anos, se encontra nas mãos de cinco adolescentes, dois do qual ela foi contratada para cuidar. Era um jogo, que se baseava em maltratá-la, a submetê-la a situações precárias, o jogo chamava-se "Libedade 5". À medida em que as crianças começavam a aceitar tal violência como um fato normal, a fantasia transforma-se em horror. A jovem passa a sofrer toda espécie de degradações como fome, tortura e violência sexual. Sua vida agora corre perigo.



2 – A noite dos mortos vivos: Aproveitando que estou na vibe de The Walking Dead (já que estou maratonando todas as temporadas), resolvi separar esse clássico do terror para ler nas férias, acreditem, esse edição da DarkSide está simplesmente maravilhosa <3 !  

Sinopse: Se hoje os zumbis estão em alta – influenciados em grande parte pela série The Walking Dead e por games como Resident Evil e filmes como Zumbilândia, além de contracenar com Brad Pitt – é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana.


3 – O circo mecânico: Também publicado pela DarkSide, essa edição de capa dura estava na minha wishlist há tampo tempo que resolvi colocá-la como minha próxima leitura para conhecer esse universo de fantasia que a premissa do livro promete. 

Sinopse: Num mundo pós-apocalíptico, onde as pessoas não tem mais acesso à tecnologias de ponta, uma caravana circense leva esperança por onde passa. Os artistas são sobreviventes de guerra, que tiveram seus corpos mutilados reconstruídos com complexas estruturas mecânicas.


 – Escuridão total sem estrelas: É claro que eu não poderia falar de livros de terror sem citar Stephen King, e o escolhido da vez foi essa obra que reúne vários contos e promete ser assombroso, estou curiosa pois essa será a minha primeira experiência com contos de terror.  

Sinopse: Os personagens dos quatro contos de Stephen King passam por momentos de escuridão total, quando não existe nada — bom senso, piedade, justiça ou estrelas — para guiá-los. Suas histórias representam o modo como lidamos com o mundo e como o mundo lida conosco. São narrativas fortes e, cada uma a seu modo, profundamente chocantes. 


5 – Frankenstein, O médico e o monstro e Drácula: Essa edição que recebi da Editora Martin Claret reúne três grandes clássicos do terror, e é claro, que estou super ansiosa para ler a obra e comentar com vocês, já que conheço o básico de cada uma das histórias, mas nunca me aprofundei no universo criado pelos autores.  

Sinopse'Frankenstein' (1818), da autora inglesa Mary Shelley, tornou-se um dos maiores clássicos da literatura de terror e conta a história do dr. Victor Frankenstein. Essa história ficou imortalizada no teatro e no cinema em várias adaptações. 'O médico e o monstro' (1886) aborda a dialética dos valores morais em forma assombrosa e vai além do bem e do mal da alma humana. O escritor escocês Robert Louis Stevenson impregnou neste romance um forte clima de apreensão, suspense, terror e perplexidade, que garantem a atenção do leitor do início ao fim. O romance gótico 'Drácula' (1897), do autor britânico Bram Stocker, narra a história do Conde Drácula, vilão morto-vivo da Transilvânia, que se tornou o típico representante do mito vampiro. 



Se você também quer ler um desses cinco livros ou ficou curioso para saber mais, acompanhe o blog que em breve você encontrará todas essas resenhas aqui no LV feitas com muito carinho para vocês <3 !  

Postar um comentário