Páginas

Resenha: O Gato Preto Em Quadrinhos

“Há algo generoso e sem egoísmo no amor de um animal que vai diretamente ao coração de quem tem tido a ocasião de testar a amizade desprezível e a tênue fidelidade de um mero homem.” – P. 10

Autor: Edgar Allan Poe
Editora: Martin Claret
N° de páginas: 72
Nota: 



Sinopse:
A intrigante história de "O gato preto" é narrada em primeira pessoa pelo personagem sombrio que desde criança possui uma grande afeição por animais, mas o destino mostra-se assustador quando um gato preto aparece em sua vida. Nesses quadrinhos desfrutamos um pouco do mistério, do fantástico e da alma do ser humano, que se revela aterrorizadora. Uma leitura imperdível.

"Muitos estudiosos da literatura consideram Edgar Allan Poe o criador da estrutura do terror moderno. Em suas histórias, não raramente, encontramos os elementos do medo, do mistério, da tensão, da loucura, do sofrimento, do pânico, do delírio e da morte."


Opinião:
Ler algo escrito pelo Edgar Allan Poe estava entre as minhas metas de leitura deste ano. Achei inovador à ideia da editora Martin Claret de publicar um conto do autor em quadrinhos, pois esse é um jeito de aproximar os novos leitores com as obras do Poe, além de proporcionar a chance para leitores com eu, que tinham certo receio de ler algo do autor.
Assim que iniciei a leitura, acreditava que sabia o estilo de terror que iria encontrar, mas eu estava errada, fui surpreendida ao me deparar com um cenário onde aconteciam maus tratos aos animais, e o protagonista do conto apresentava sérios problemas com o álcool, assim, acompanhamos sua brusca mudança de personalidade da infância até a fase adulta.
Em alguns momentos da leitura ficava um pouco desconfortável com a escrita do autor, mas por se tratar de um quadrinho, todos os elementos gráficos presentes na edição ajudaram-me a adentrar mais nesse universo obscuro. Em 72 páginas a editora conseguiu apresentar com muitas informações e detalhes o perfil do Poe, além disso, ainda encontramos no final da edição o conto O Gato Preto em texto, para que o leitor tenha a oportunidade de ler a mesma obra em formatos diferentes, e assim, absorver experiências totalmente diferentes.
A leitura flui muito rápido, o que é perfeito para quem quer começar a ler Poe, o terror apresentado na trama é único e diferente de tudo que já havia lido do gênero. Adorei ter a chance de ler um autor clássico em quadrinhos, espero que muitas outras obras venham a ser publicadas nesse formato para aproximar gerações distintas.

Postar um comentário