Páginas

Resenha: A Garota Do Calendário - Janeiro

“Ele sorriu e eu pude jurar que todos aqueles filmes melosos de mulherzinha que eu tentava evitar estavam certos. Um cara legal pode iluminar o ambiente e tornar o mundo menor, como algo que se encaixa perfeitamente no espaço onde está o seu foco.”

Autora: Audrey Carlan
N° de Páginas: 144

Nota:




Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a divida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu. Com seus olhos verdes e físico de surfista, que promete um mês inesquecível desde que ela não se apaixone por ele.


Opinião: A série “Garota do Calendário” estava na minha wishlist há muito tempo. Apenas lendo a sinopse, já percebia que seria diferente de tudo o que eu já havia lido, e digo para vocês que estava certa.
O livro é bem fininho, acredito que li todo ele em apenas três horas, primeiro porque a escrita da Audrey Carlan flui muito rápido, e a diagramação do livro contribui para isso, segundo porque ela criou um enredo perfeito onde eu sentia traços muito parecidos com os da Colleen Hoover.
Outro fator que não poderia deixar de comentar, é que o romance não segue o padrão que já conhecemos, o casal tem química, sim – explosão de química para falar a verdade – porém, Mia, é apenas uma acompanhante que tem dias contados na casa do Wes, e o leitor pode até torcer muito por um final feliz, mas desde as primeiras páginas já é evidente a partida de Mia.
Para mim, o livro se encaixa no gênero “New Adult”, por isso, quem não está acostumado com o gênero pode levar alguns sustos com certas descrições durante a narração. Mas fora isso, o livro é ótimo, a personagem é cativante e já estou super ansiosa para o segundo volume da série, onde vamos acompanhar novas aventuras de Mia.
E para quem pretende começar a leitura, um pequeno conselho: não se prenda aos personagens, pois diferente de outros romances, aqui, o pretendente está apenas de passagem! (Saudades, Wes L)

Um comentário:

  1. Que bom que vc gostou!! Assim que li o primeiro livro, eu tinha certeza que não daria continuidade à história, mas no fim de janeiro fiquei curiosa para saber como seria o desenrolar da trama e o que Mia faria. Fevereiro não foi ruim, mas também não me animou muito, mas eu dei mais uma chance e gostei de março. Foi o primeiro livro que dei umas risadas. Mas quando cheguei em Abril, pra mim o mais chato de todos eu desanimei. Não tive mais vontade de ler, mas como os livros são curtinhos, eu quero ver se continuo para saber o desfecho da série. Já me disseram que julho e agosto são os melhores.. Vamos ver!! Espero que melhore para mim.

    Beijosss
    Jo, www.curtaleitura.com.br

    ResponderExcluir