Páginas

Resenha: O Menino da Lista de Schindler

"Nem mesmo o mais assustador dos contos de fadas poderia ter preparado Leon para os monstros que enfrentaria aos dez anos de idade... Nem para lidar com o herói, disfarçado de monstro, que salvaria sua vida."

Informações do Livro: 

EDITORA: Rocco Jovens Leitores
AUTOR: Leon Leyson com Marilyn J. Harran e Elisabeth B. Leyson
N° DE PÁGINAS: 253


O livro irá contar a história da família de Leon, que vivam bem principalmente por terem uns aos outros, até terem suas vidas ameaçadas pelo exército nazista. Os relatos contidos no livro são verdadeiros, contados por Leon Leyson o menino mais jovem do mundo a ser salvo pelo nazista Oskar Schindler.
Recomendo esse livro pra quem gosta de ler sobre a Segunda Guerra Mundial. A leitura é rápida, e a cada capitulo o leitor vai encontrando um novo fato vivido pelos judeus.
 Alguns capítulos são bem fortes, toda a agressão que os judeus sofreram pelos nazistas, a comida escassa, esses fatos comovem o leitor. 
Quando Oskar Schindler aparece no livro, a situação começa a mudar. De primeiro você diz que ele é apenas mais um nazista sem piedade que irá fazer mal a todos os judeus que estiverem a sua volta, mas no desenrolar dos fatos acabamos percebendo que o Oskar era diferente dos outros nazistas, ele tinha compaixão. Ele chamava judeus para trabalharem em suas fábricas dizendo que precisava de mais funcionários, mas na verdade ele não precisava, ele só dizia isso para salvar judeus dos campos de concentração. 
Temos exemplos de compaixão até mesmo na Segunda Guerra Mundial. Quando penso na palavra nazista, me vem soldados matando pessoas, invadindo vilarejos, tirando a vida de qualquer judeu em sua frente sem saber se aquela vitima era boa ou não. Mas com isso percebemos que até no grupo dos nazistas não podemos generalizar, pois existiram soldados que estavam ali porque eram obrigados, nazistas que não tinham o mesmo conceito dos outros, e pessoas que só queriam ajudar quem julgassem inocentes. 
Recomendo muito esse livro pra vocês, é uma obra fantástica de esperança, amor e superação, pois todos os judeus que estiveram na Segunda Guerra são guerreiros e heróis de alguma forma. Esse é um livro perfeito para nós nos lembrarmos daqueles que não tiveram a chance do amanhã. 




As fotos contidas nesse post são de autoria do blog. 

Postar um comentário